info@birdwatchinalentejo.com

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Password*
Confirm Password*
Primeiro Nome*
Último Nome*
Birth Date*
Email*
Telefone*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Concorde com todos os termos e condições antes de prosseguir para a próxima etapa

Already a member?

Login
info@birdwatchinalentejo.com

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Password*
Confirm Password*
Primeiro Nome*
Último Nome*
Birth Date*
Email*
Telefone*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Concorde com todos os termos e condições antes de prosseguir para a próxima etapa

Already a member?

Login

Que aves se podem observar em Évora?

Évora, cidade onde estamos sediados, está classificada como Património Mundial pela UNESCO desde 1986, mas não é a única razão para a visitar. Para além dos monumentos fantásticos, da gastronomia e do ambiente acolhedor da cidade, também aqui podem ser observadas diversas espécies de aves.

A observação de aves, ou birdwatching, pode ser realizada em praticamente qualquer local, certamente uma das razões pela qual se tornou tão popular. Aqui não é excepção e mesmo dentro dos limites da cidade podemos ser surpreendidos por espécies singulares. Ao visitar a Catedral de Évora não perca a oportunidade de observar a Gralha-de-nuca-cinzenta ou o Rabirruivo-preto.

Os andorinhões sobrevoam as ruas da cidade a grande velocidade. Estas espécies estivais chegam à região no início de Março e irão utilizar as cavidades nos edifícios para nidificar. Na cidade de Évora é possível observar duas espécies com características muito semelhantes – o Andorinhão-preto e o Andorinhão-pálido.

As andorinhas estão também representadas e não será difícil encontrar as colónias de Andorinha-dos-beirais, uma das cinco espécies que se podem observar no Alentejo.

Uma visita ao Jardim público da cidade aumentará o leque de espécies observáveis. Aqui poderá encontrar, por exemplo, o Chapim-azul ou a Trepadeira-comum, espécies de habitats mais florestados. Foram registadas até ao momento 73 espécies neste jardim, de acordo com a plataforma eBird.

Trepadeira-comum (Certhia brachydactila)

Aventure-se mais além dos limites da cidade e explore a paisagem alentejana, terá certamente uma boa experiência. A diversidade de habitats em redor albergam uma enorme variedade de espécies.

Não se deixe desanimar pela ausência de observatórios públicos dedicados especialmente à observação de aves. A existência de uma rede de percurso pedestres sinalizados colmata este detalhe e alguns desses percursos atravessam zonas de especial interesse para a avifauna. Um bom ponto de partida é a página web, criada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, denominada de Alentejo a Pé e onde estão assinalados todos os percursos pedestres.

Muito mais há a partilhar sobre as espécies de aves que nos rodeiam e os locais a visitar. É o que pretendemos fazer no futuro, deixando-lhe desde já o convite para nos acompanhar virtualmente! Pelo menos enquanto não for possível presencialmente. Teremos todo o Gosto em recebê-lo.

Consulte os nossos passeios.

pt_PTPortuguese