info@birdwatchinalentejo.com

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Password*
Confirm Password*
First Name*
Last Name*
Birth Date*
Email*
Phone*
Country*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
info@birdwatchinalentejo.com

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Password*
Confirm Password*
First Name*
Last Name*
Birth Date*
Email*
Phone*
Country*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Birdwatch in Alentejo: Resumo Janeiro/Fevereiro

Os primeiros dois meses do ano estivemos bastante ocupados a planear passeios para 2014, na manutenção do site e no planeamento de projetos de conservação.

Apesar do período um pouco húmido e ventoso – incomum para o inverno português – efectuámos alguns passeios ao campo e observámos uma grande diversidade de espécies.

Observámos uma variedade agradável de aves, incluindo o Pato-de-bico-vermelho e uma boa variedade de garças, nomeadamente a Garça-branca-grande que foi observada em algumas ocasiões e até o raro Abetouro.

As aves de rapina registadas no inverno incluem a Águia-pesqueira, o Milhafre-real, a Águia-de-asa-redonda, Tartaranhão-ruivo-dos-paúis, Tartaranhão-azulado e Esmerilhão, enquanto a Cegonha-branca e o Grou-comum foram observados em alguns dos nossos locais favoritos.

O Abibe e a Tarambola-dourada são observados aos bandos e são as aves mais numerosas do inverno alentejano, enquanto o Pernilongo, o Maçarico-comum e o Maçarico-das-rochas  são vistos com regularidade nos pontos de água.

Apesar de ainda estarmos no início do ano, encontramos várias andorinhas, enquanto a Toutinegra-de-barrete, a Felosa-comum e a Toutinegra-de-cabeça-preta são fáceis de encontrar e observar.

Pequenos bandos de cotovias podem ser observados, assim como de Chamariz e de Estorninho-malhado.

O início da primavera está a chegar – o que significa que os migradores estão a caminho.

Leave a Reply

pt_PTPortuguese